Sobre fotografia, cinema, histórias e afins

Cameron Russel admite que ganhou na “loteria genética”: ela é alta, bonita e modelo de lingerie. Mas não a julgue pela aparência. Nesta destemida conversa, ela faz uma irônica análise da indústria que a tornou altamente sedutora quando mal havia completado 16 anos.

View original post

Advertisements