Veja como manter uma alimentação balanceada, seguindo as necessidades individuais e as especificidades do esporte praticado200160729-003

Para aguentar os treinos intensos e manter a disposição, é essencial que os atletas tenham uma dieta balanceada e sigam algumas regras diárias de alimentação. E isso não vale apenas para os profissionais, se você pratica alguma atividade física regular e quer mudar seus hábitos em busca de uma vida mais saudável, também precisa se atentar ao que coloca no prato.

Segundo Maria Fernanda Cortez, nutricionista consultora da Salad Creations, rede de alimentação saudável especializa em saladas, atletas amadores também devem manter uma alimentação equilibrada, seguindo as necessidades individuais de cada um e do esporte praticado. “Uma boa alimentação e hidratação podem melhorar o desempenho e reduzir o cansaço, permitindo que o esportista treine por um maior período de tempo, além de auxiliar numa recuperação rápida e eficiente após a atividade física”, explica a especialista.

Ela orienta que, em cada refeição, o atleta consuma pelo menos um alimento de cada um dos três grupos abaixo:

· Construtores: alimentos que ajudam na regeneração e fortalecimento da massa muscular. São as proteínas encontradas nas carnes, frangos, peixes, ovos, leite e derivados.
· Energéticos: alimentos que fornecem energia para o corpo. Podem ser consumidos antes, durante e após o treino. São os carboidratos, encontrados em massas, pães, cereais, batata, mandioca, inhame, mandioquinha, entre outros.
· Reguladores: alimentos responsáveis pelo bom funcionamento e manutenção do organismo. São as frutas, legumes e verduras; ricos em vitaminas, minerais e fibras.

Para esportes que exigem concentração, por exemplo, Maria Fernanda indica a ingestão de alimentos como ovos, nozes, cereais integrais e peixes. Os ovos, principalmente a gema, são ricos em colina, um nutriente que melhora e fortalece a comunicação entre os neurônios. As nozes possuem alta concentração de selênio, nutriente responsável pelo bom funcionamento do cérebro. Já os cereais integrais são ótimas fontes de vitaminas do complexo B, que estimulam a memória e a concentração. Por fim, os peixes, como atum, sardinha e arenque, e também a farinha de linhaça, são fontes de ômega 3, nutriente que ajuda o cérebro a monitorar o humor, a memória e a concentração.

Além de manter uma dieta balanceada e direcionada para o esporte praticado, os altetas devem tomar alguns cuidados importantes:

· Não praticar atividade física em jejum.
· Beber água antes, durante e após o treino. A hidratação é fator essencial para obter um ótimo rendimento.
· Fazer uma refeição leve 1h ou 40 minutos antes dos exercícios. Exemplos: sanduíche com pão integral e queijo magro + suco de fruta natural; vitamina de fruta.

Fonte:  http://suacorrida.com.br/alimentacao/alimentacao-saudavel-para-a-pratica-esportiva

Advertisements