Fonte:

http://guia.folha.uol.com.br/passeios/2013/05/1283795-guia-sugere-30-bibliotecas-livrarias-e-sebos-classicos-e-novos-em-sp.shtml

Visitando a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, inaugurada recentemente na USP, ou algumas das grandes livrarias abertas nos últimos anos, não há como negar que os livros fazem parte do charme de São Paulo. Além de estarem entre os programas favoritos de parte dos paulistanos, nossos espaços literários também são um atrativo turístico.

Os antenados podem se esbaldar com os lançamentos e as edições importadas encontradas aqui. Para quem gosta de edições antigas, não faltam opções de bons acervos públicos e sebos.

O “Guia” visitou clássicos e novidades na cidade de São Paulo. Escolha sua poltrona favorita e tenha uma boa leitura!

Bibliotecas, livrarias e sebos de São Paulo

 Ver em tamanho maior »

Ines Bonduki/Divulgação

AnteriorPróxima

Sebo Avalovara

*

COMO FAZER EMPRÉSTIMOS NAS BIBLIOTECAS

Rede municipal
– Leve documento de identidade com foto e comprovante de endereço recente. Menores de 16 anos devem estar com os pais ou responsáveis
– Não há taxa
– O acervo pode ser pesquisado em bit.ly/spbibliotecas

Rede Sesc
– Apresente RG ou cartão Sesc e comprovante de residência atualizado
– Quem não é cadastrado no Sesc também pode realizar empréstimos
– Não há tarifa

BIBLIOTECAS

Alceu Amoroso Lima – Temática em Poesia
O contato com a literatura já começa ao olhar as paredes do prédio, decoradas com versos aleatórios de grandes poetas. No primeiro andar, é possível escolher entre livros de poesia de diversas décadas, estilos e países. Ao lado de mesas e pufes coloridos, obras de Castro Alves, Fernando Pessoa e Drummond se acomodam em estantes simples e organizadas.
Informe-se sobre o local

Biblioteca de São Paulo
Instalada no parque da Juventude, a biblioteca aposta em um espaço moderno e em uma agenda variada. O térreo é todo dedicado às crianças, que podem se divertir nos núcleos coloridos divididos por faixa etária. Aos jovens e adultos é reservado um acervo nada empoeirado. Títulos recentes dividem o espaço com CDs e DVDs que podem ser utilizados em um dos computadores. Quem quiser estudar poderá usar uma das mesas do espaçoso ambiente.
Informe-se sobre o local

Sexta (dia 24), às 15h30: Hora do Conto, com “Rapunzel”.

Bibliotecas do Centro Cultural São Paulo
O complexo de bibliotecas do CCSP é formado por várias unidades; impossível não encontrar sua área de interesse contemplada com obras de referência. Crianças, estudantes e aposentados dividem o amplo local em harmonia. Além da consulta, é possível retirar para empréstimo boa parte do acervo.
Informe-se sobre o local

Sexta (dia 24), às 19h: sarau do grupo Poemas à Flor da Pele.

Bibliotecas do Sesc
Diversas unidades do Sesc possuem livros para empréstimo. Na Pompeia, há títulos de arte, poesia, biografias e quadrinhos. Junto a ela, há um amplo espaço de leitura com jornais, revistas e gibis. No Belenzinho, segue em cartaz uma exposição sobre quadrinhos brasileiros e, em Santo Amaro, uma mostra reúne textos criados em formato de tuíte por autores como Antônio Cícero.
Informe-se sobre o local

Brasiliana Guita e José Mindlin
À primeira vista, o edifício impressiona pelo tamanho. Todo em concreto e vidro, a estrutura abriga 32 mil títulos que integravam a coleção do bibliófilo José Mindlin, morto em 2010. Entretanto, para consultar o acervo, é preciso agendar pelo e-mail brasiliana@usp.br. No subsolo, uma mostra exibe cem raridades, como os originais de “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, e livros impressos há séculos.
Informe-se sobre o local

Mário de Andrade
Combinando obras raras e novidades, a biblioteca é uma das mais antigas e importantes de São Paulo. São mais de três milhões de itens, entre livros, periódicos, mapas e mídias. Cerca de 50 mil títulos integram a seção circulante, constantemente atualizada. O passeio pela construção histórica vale pelos ambientes silenciosos, com boa iluminação natural. Complemente a leitura com a caprichada programação do auditório.
Informe-se sobre o local

Sábado (dia 25), às 10h: palestra com Erwin Torralbo Gimenez sobre “São Bernardo”, de Graciliano Ramos.

Roberto Santos – Temática em Cinema
O tranquilo espaço abriga um cineclube, que exibe filmes em DVD e em projeções de 16 mm em vários dias da semana. Além do acervo com livros e revistas (algumas publicadas há várias décadas), o local faz empréstimo de DVDs, que podem ser vistos ali mesmo.
Informe-se sobre o local

Cineclube – “OO7 Contra Goldfinger”, sáb, (25): 19h. 14 anos.

BIBLIOTECAS ESTRANGEIRAS

Instituto Goethe
O acervo, que inclui livros, vídeos e CDs, é quase todo em língua alemã e abrange literatura, filosofia e arte. Também estão disponíveis títulos traduzidos para o português, como “Tempestades de Aço”, de Ernst Jünger. A carterinha de empréstimo, válida por um ano, pode ser adquirida por R$ 36.
Informe-se sobre o local

British Council
A biblioteca é especializada em literatura e periódicos em língua inglesa. O cadastro anual custa R$ 20. No local, também é possível assistir ao canal BBC e participar dos grupos de leitura e das sessões de cinema mensais.
Informe-se sobre o local

Fundação Japão
Localizada no prédio aos fundos da Casa das Rosas, a rica biblioteca reúne variados títulos sobre o Japão (literatura, história, artes e cultura em geral). Fora o material publicado em japonês, também há diversos livros em inglês e em português. O acervo, sempre atualizado, conta com DVDs e CDs.
Informe-se sobre o local

LIVRARIAS

Casa de Livros
O espaço é dedicado a livros infantojuvenis e recebe grupos escolares para atividades. Uma delas é o Projeto Vitrine, no qual as crianças podem decorar uma vitrine da loja com base em uma história debatida em aula.
Informe-se sobre o local

Cultura
Um dos pontos mais visitados da região da Paulista, a unidade principal da Livraria Cultura foi aberta em 2007, ocupando o espaço do antigo Cine Astor. O ambiente principal se estende por três pisos, sem contar as outras unidades temáticas, como um espaço dedicado a livros de arte e uma loja voltada a games, quadrinhos e livros de aventura, a Geek.Etc.Br.
Informe-se sobre o local

Sábado (dia 25), a partir das 10h: encontro de praticantes de RPG na Geek.Etc.Br.

Freebook
Anote o endereço antes de sair de casa e lembre-se de que é necessário tocar a campainha. Uma perdição para os amantes de arte, fotografia e moda, o local oferece apenas títulos importados, como “Ai Weiwei – New York 1983-1993” (R$ 122,77). Sempre com novidades, o acervo tem edições luxuosas (para serem manuseadas com luvas) e artigos de papelaria, como as agendas Moleskine.
Informe-se sobre o local

Livraria da Vila
A rede de livrarias, cuja primeira loja foi aberta há 28 anos em uma rua de Pinheiros, passou a marcar presença em shoppings de luxo, como o JK Iguatemi, cuja unidade foi aberta no ano passado. Amanhã (dia 25) e domingo (26/5), as livrarias da rede oferecem até 60% de desconto em títulos importados.
Informe-se sobre o local

Martins Fontes
Totalmente focada em livros, reúne 90 mil títulos em um ambiente aconchegante. As obras podem ser folheadas sem pressa nas cadeiras entre as estantes ou no café, que fica dentro da livraria.
Informe-se sobre o local

Nove.Sete
A livraria trabalha com títulos infantojuvenis, organizados para facilitar o manuseio pelas crianças. O local tem alguns pufes para leitura e também abriga um pequeno café e um grande quintal, coberto, com bancos de madeira, onde acontecem eventos.
Informe-se sobre o local

Sábado (dia 25), às 16h, show Fio de Musco, com Evandro Gracelli.

PanáPaná
Pequenina e charmosa, a livraria só trabalha com títulos infantis. A organização, com prateleiras divididas por tema e capas à mostra, facilita a consulta dos pequenos, que podem se sentar em uma mesinha para ler. Promove contações de histórias e oficinas.
Informe-se sobre o local

Sábado (dia 25), às 10h30, festa de lançamento do projeto Retratos de Família, no qual ilustradoras farão desenhos das crianças que forem ao local.

Saraiva
A rede, criada pelo português Joaquim Saraiva em 1914, possui mais de 30 unidades na capital e na Grande São Paulo. No shopping Center Norte, há uma megastore, que, sem contar os livros, oferece diversas opções de CDs, DVDs, e equipamentos de informática. Lá dentro, há uma loja da Starbucks.
Informe-se sobre o local

Zaccara
Inaugurada em 2007, a livraria é ponto de encontro de escritores. O dono, Lucio Zaccara, promove lançamentos, clubes de leitura e até peças de teatro, sempre em clima de amigos. O local tem livros, apenas em português, e um pequeno acervo de vinis, CDs e DVDs. Flores naturais e obras do capista Hélio de Almeida estão espalhados por todos os cantos do sobrado, que reserva sofás e uma agradável varanda no segundo andar.
Informe-se sobre o local

SEBOS

Alpharrabio
Com foco nas áreas de literatura, filosofia e ciências sociais, tem no acervo cerca de 15 mil volumes, entre lançamentos da própria editora Alpharrabio. Funciona desde 1992 em uma casa acolhedora. Tem um simples café e promove atividades culturais, tais como debates, exposições e oficinas.
Informe-se sobre o local

Avalovara
A loja diferencia-se pelo clima aconchegante. Desempoeiradas, as estantes de madeira abrigam títulos de literatura, filosofia, artes e até turismo. É possível encontrar livros em bom estado que chegaram há pouco às livrarias, como “1Q84” (R$ 30), de Haruki Murakami, e preciosidades como a edição autografada de “Deus da Chuva e da Morte” (R$ 120), obra esgotada de Jorge Mautner.
Informe-se sobre o local

Chama de uma Vela
Focado em filosofia, o pequeno sebo também compra e vende títulos de literatura e de arte por um preço honesto. Avaliados um a um, cada livro da loja tem uma história. Pergunte sobre “A Condição de Homem” (R$ 45), de Lewis Mumford, e “Le Ballet” (R$ 350), de Boris Kochno, com litografia original de Picasso.
Informe-se sobre o local

Empório das Letras
Fora do eixo central da cidade, oferece livros, CDs, LPs e alguns exemplares de HQs há dez anos. Nas prateleiras, destacam-se títulos de nomes clássicos da literatura brasileira, como Machado de Assis e Jorge Amado. Os itens são organizados, apesar de algumas pilhas de livros amontoadas.
Informe-se sobre o local

José de Alencar
Muito organizado, possui prateleiras altas com livros de medicina, de direito (afinal, estamos perto do largo São Francisco) e de esoterismo no térreo. Nos outros andares, há espaço para temas como literatura, economia e poesia.
Informe-se sobre o local

Livraria Sebo Cultural
Dá para se perder nas estantes deste sebo. Quem tiver tempo e vontade poderá encontrar livros que estão esgotados em editoras. Etiquetas em ordem alfabética tentam organizar o acervo, focado em literatura, filosofia e artes. Lançamentos podem ser encontrados por um bom preço.

R. Dr. Vila Nova, 321, Vila Buarque, tel. 3237-1529. 50 pessoas. Seg. a sex.: 9h30 às 20h. Sáb.: 9h30 às 16h. Livre.

Praia dos Livros
Apesar da proximidade com a avenida Paulista, a proposta deste sebo é criar um ambiente praiano, com balcão e cadeiras disponíveis para os visitantes. Cerca de 27 mil itens compõem o eclético acervo. A proprietária, que destaca a primeira edição do livro “Cartas a um Jovem Poeta” (R$ 50), de Rainer Maria Rilke, promete reformulações no espaço em breve.

Av. Bernardino de Campos, 331, Paraíso, tel. 3266-6917. 30 lugares. Seg. a sex.: 9h às 20h. Sáb.: 10h às 18h. Dia 30: fechado. Livre.

Red Star
A unidade do centro tem muitos e muitos livros espalhados por prateleiras altas, entre romances, dicionários, textos jurídicos e clássicos da literatura. Ao todo, são 40 mil títulos. Na entrada, há uma pequena quantidade de CDs e DVDs e algumas promoções.
Informe-se sobre o local

Sebo do Messias
O gigante sebo tem de tudo um pouco. Títulos recentes dividem espaço com coletâneas encadernadas. As revistas ficam espalhadas sem muita ordem: entre os gibis da Mônica, é possível encontrar raridades como uma edição de 1938 da revista “Eu Sei Tudo”. Perto do setor de CDs e DVDs, vitrines oferecem videocassetes e vitrolas. O acervo pode ser consultado em um dos computadores na entrada.
Informe-se sobre o local

 

Advertisements